crescimento

Após retração, Turismo cresce 5% em junho, diz IBGE

Em junho passado, o Turismo despontou na Pesquisa Mensal de Serviços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o balanço, as atividades turísticas fecharam o segundo trimestre do ano com alta de 5,3% em relação a maio.

As viagens de negócios foram o principal impulsionador do índice, com destaque para São Paulo e Distrito Federal, segundo comunicou o gerente da Pesquisa Mensal de Serviços, Roberto Saldanha.

No entanto, Distrito Federal foi a única federação a registrar baixa no período (-0,5%). Já as variações positivas incluem: São Paulo (4%), Rio Grande do Sul (3,9%), Goiás (3,2%), Espírito Santo (3,0%), Rio de Janeiro (2,7%), Pernambuco (2,5%), Bahia (2,3%), Santa Catarina (2,1%), Paraná (1,8%), Minas Gerais (1,3%) e Ceará (0,3%).

O pesquisador, entretanto, atenta ao fato de que a indústria vive altos e baixos. “O turismo é um setor volátil, no qual os preços variam conforme a estação, as férias escolares, os feriados, os grandes eventos e outros fatores. As viagens de negócios mantêm uma estabilidade ligeiramente maior do que as de turismo, mas o setor
como um todo tem amplo espectro de volume de atividades”, disse.

O resultado positivo surpreende, uma vez que abril e maio contaram com quedas de 1,9% e 2%, respectivamente. No primeiro semestre, a performance da indústria registra decréscimo de 6,4%.

Com a atuação do Turismo, o setor de serviços encerrou junho com alta de 1,3%. Outras atividades relacionadas à indústria, como o transporte aéreo e serviços de alojamento e alimentação, tiveram incremento de 7,7% e 0,8%, respectivamente.

Fonte: Site Panrotas – Corporativo
em 21.ago.2017 às 11h10