ue01

Aumenta nº de brasileiros barrados em aeroportos da União Europeia.

A Agência de Fronteiras da União Europeia (Frontex) informou em seu relatório trimestral, divulgado essa semana (04 de agosto), que o número de brasileiros barrados nos aeroportos europeus aumentou de 9,5% no primeiro trimestre de 2017, se comparado com o mesmo período do ano anterior.

Segundo a Agência europeia, entre janeiro e março 2017, 923 cidadãos brasileiros foram repatriados de aeroportos da União Europeia. Entretanto, se comparado com os números do último trimestre de 2016 (1.092 pessoas) o número de brasileiros barrados nas fronteiras europeias caiu 15,4%.

O número de brasileiros barrados em aeroportos europeus tem variado nos últimos anos. Por exemplo, no segundo semestre de 2009 o número de brasileiros barrados em aeroportos europeus foi de 2.255 pessoas. Todavia, no terceiro trimestre de 2015 esse número foi de 573 pessoas.

Entre as razões da proibição de ingressar em território de países membros da UE estão a ausência de visto válido, a impossibilidade de demonstrar meios de subsistência, documentos falsos ou alertas sobre potenciais ameaças criminais ou terroristas representadas pelos indivíduos. Entretanto, o relatório da Frontex não especifica em detalhe por quais dessas razões os brasileiros foram barrados, reportando apenas dados globais sobre todas as nacionalidades.

Fonte: Site G1
em 07.ago.2017 às 17h15